Pensando Juntos

A Pauta do Amanhã

Antever cenários, identificar oportunidades, e apontar caminhos inovadores para gerar qualidade de vida, é a nossa missão

 

Em 1821 o Navegador Gregor McGregor se auto intitulou “Cazik Of Poyais”.

Poyais era uma especie de terra prometida.

Ele Voltou a Inglaterra durante uma grande crise oferecendo terras exuberantes e muito produtivas, que existiam em Poyais.

Títulos de propriedade concedidos por ele próprio garantiam as terras.

Três colheitas garantidas por ano. Rios abundantes e muito verde. Músicas mostrando e “cantando as terras” e muita estória bem contada.

Arrecadou 20 milhões de dólares na época.

Era tudo uma fraude. Poyais nunca existiu.

Quem nunca ouviu falar de um príncipe Nigeriano precisando de uma conta bancária para deposito.

Eu Conheço gente inteligente, próxima mesmo, que “entrou nessa”. Normalmente essas cartas vem de prisioneiros e algumas ganharam o mundo.

Existem outras versões agora, por telefone, WhatsApp e rede social. Roupa nova para a mesma fraude.

O italiano Charles Ponzi criou o sistema onde o “dinheiro de paulo paga os grandes ganhos de pedro” a assim por diante. Pega de um para pagar os juros altíssimos do outro.

Porém, quando vários investidores retirarem o dinheiro ao mesmo tempo, o sistema quebra.

Foi o caso de Bernie Madoff.

Milhares de vidas destruídas. Bilhões de dólares mudaram de mãos.

Basta ouvir, acreditar e investir. Quem oferece sempre será alguém conhecido.

As vítimas sempre tem algo em comum com o golpista.

Comungam da mesma fé, ou frequentam o mesmo clube, ou o mesmo bar, ou até o mesmo prostíbulo. Tem referências.

Podem estar desiludidas ou desesperadas e se apegam a estória contada sempre, repito, por “um conhecido”.

Na “pirâmide” também bem conhecida, funciona o recrutamento onde o agente recrutador também ganha algum dinheiro. Pequena diferença conceitual com o mesmo poder ilusório.

Desmorona da mesma forma, quando o recrutamento de novas vítimas diminuirem ou acabarem.

Esses golpes são históricos.

De 2015 a 2017 Ruja Ignatova vendia a onecoin, uma futura Crypto moeda.

Espalhou a venda por 175 países. Arrecadou 4 bilhões de dólares. Na data de converter o a futura crypto moeda em dinheiro, Ruja desapareceu.

Há relatos dramáticos de gente que colocou as economias de toda a vida em onecoin.

Pelo menos há duzentos anos a mesma estória se repete com novos requintes e belas narrativas.

Vigaristas sempre contam belas estórias, ricas em detalhes.

Basta que alguns detalhes sejam reais para que acreditemos na Estória toda.

Para você ter uma ideia, como belas estórias convencem até os sábios, Stephen Greenspan escreveu um livro sobre fraudes e lançou um dia antes de Bernie Madoff ser preso.

O dinheiro de Stephen também estava investido com Bernie Madoff. Ele perdeu tudo.

Gente muito mais inteligente que nós, acreditou em estórias bem contadas.

Muitos foram até presos, por acreditarem e aderirem.

Tenha certeza que 2022 será um ano de muitas estórias e histórias. Eleições a vista.

Virus enrustido. Lockdown só por 15 dias. Vacinas. Pílulas. Promessas. Certezas.

Dúvidas? Jamais.

Você verá novamente, quem nunca resolveu nada, garantir que agora vai resolver tudo.

Quem Nunca fez nada, agora milagrosamente, reaparece e garante que fará tudo.

Para não terminar 2021 com traumas, apenas certifique-se sobre a visita do seu Papai Noel. Garanta que ele passe pela chaminé. Deixe a janela entreaberta para os sapatinhos.

Principalmente, certifique-se que ele é realmente ele.

Desejo a você um super natal, boas festas e um feliz ano novo.

Minha “lembrança” para você são meus 3 livros.

Clique aqui: pensandojuntos.com , não pague, apenas coloque seu email e receberá o link para Download.

Abraços;

Paulo Sergio Rosa, Ph.D, Jornalista, Consultor.

 

25 nov 2021 - jornalista@paulosergiorosa.com